Eurocopa

Itália vence Inglaterra nos pênaltis e é bi da Euro

Shaw faz gol mais rápido de todas finais, mas Bonucci garante empate no tempo regulamentar. Donnarumma é decisivo mais uma vez com duas defesas, e Azzurra é campeã da Eurocopa

12/07/2021 09h18Atualizado há 3 semanas
Por: Redação
Fonte: Redação

Os ingleses cantam há mais de 20 anos "the football's coming home" (o futebol está indo para casa), mas vão ter que adiar o sonho novamente. Está indo para Roma. A Itália venceu a Inglaterra nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação e conquistou a Eurocopa 2020, em Wembley. Shaw fez gol relâmpago para os donos da casa no início do jogo, e Bonucci empatou na segunda etapa. Nas penalidades, Donnarumma brilhou mais uma vez, e a Azzurra ergueu a taça novamente depois de quase 50 anos.

 

ITÁLIA É BI!

A Itália conquistou a Eurocopa pela segunda vez na história. O primeiro título foi em 1968. A Azzurra também teve dois vices, em 2000 e 2012. A Inglaterra disputou sua primeira decisão do torneio. Os italianos agora estão empatados com a França na segunda posição na lista dos maiores vencedores do torneio. Alemanha e Espanha, ambos com três taças, estão no topo.

 

As esperanças da Inglaterra foram renovadas e ampliadas com apenas um minuto e 57 segundos de jogo. Em jogada iniciada por Kane, Trippier cruzou da direita, e Shaw apareceu na ponta esquerda de dentro da área para finalizar de primeira e marcar o gol mais rápido da história das finais de Euro. Mas foi só. Essa foi a única finalização inglesa até os 10 minutos do segundo tempo. A Itália teve mais posse de bola, mas também foi pouco agressiva na primeira etapa.

Na volta do intervalo, a final ganhou um pouco de emoção. Insigne e Chiesa obrigaram Pickford a fazer boas defesas aos 10 e 16 minutos. Donnarumma, por sua vez, só trabalhou em cabeçada de Stones. Aos 21, veio o empate. Após cobrança de escanteio de Emerson da direita, Verratti acertou a trave em cabeceio, e Bonucci empurrou para as redes: 1 a 1.

O domínio italiano seguiu nos minutos finais do tempo regulamentar com a postura retraída da Inglaterra. Em todo o jogo, foram 20 finalizações italianas contra seis ingleses, e 61% de posse de bola para a Azzurra. Mas a prorrogação foi de pouca intensidade. Nenhuma seleção conseguiu ameaçar o rival, e a decisão foi para os pênaltis.

 

O MELHOR DA EURO DECIDE

Nas cobranças de pênaltis, os dois goleiros brilharam. Donnarumma e Pickford fizeram duas defesas cada. Mas o italiano sorriu no final. Berardi, Bonucci e Bernardeschi converteram para a Azzurra. Kane e Maguire fizeram para a Inglaterra. Belotti e Jorginho pararam no goleiro inglês. Rashford mandou na trave, Sancho e, na última cobrança, Saka, viram o goleiro italiano brilhar. Donnarumma foi o herói da Itália novamente e foi eleito o melhor jogador da Eurocopa!

 

BRASILEIROS CAMPEÕES

O lateral-esquerdo Emerson Palmieri, o zagueiro Rafael Tolói e o volante Jorginho entraram na lista de brasileiros naturalizados que já foram campeões da Eurocopa. Palmieri e Jorginho, inclusive, estão em uma seleta lista de atletas campeões da Champions e da Euro na mesma temporada.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Salvador - BA
Atualizado às 20h47
22°
Pancada de chuva Máxima: 26° - Mínima: 20°
22°

Sensação

20 km/h

Vento

83%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas