Tempestade de Ideias

Meu souvenir de 01 Euro

A Catedral de Santa Maria del Fiore é minha paixão arquitetônica

Tempestade de Ideias

Tempestade de IdeiasProfessor Juliano Levi aborda de tudo em textos semanais, leves e criativos.

26/08/2021 18h31Atualizado há 3 semanas
Por: Juliano Levi
Fonte: Juliano Leví
Catedral de Santa Maria del Fiore - Getyourtickets.com
Catedral de Santa Maria del Fiore - Getyourtickets.com

Das tantas linguagens artísticas que eu me interesso, não tinha falado sobre arquitetura ainda aqui. Isso me surpreende. Porque todas as vezes que entro no meu quarto, vejo repousando na minha prateleira a lembrança de uma das experiências artísticas mais poderosas da minha vida. Estou falando do dia em que visitei a Catedral de Santa Maria del Fiore, em Florença (Uiuiui, olha ele! Falando de viagem à Europa!). Esta maravilha renascentista levou mais de cem anos para ser construída e hoje é a quinta maior igreja do velho continente. 

 

Mas não foi só a dimensão que me arrebatou. 

 

Ela é maravilhosa. Deslumbrante. Estupefaciente. Ela exige de mim esforço nos adjetivos. Quando decidi escrever este artigo, fiquei em dúvidas sobre qual ângulo eu deveria privilegiar nas imagens. Terminei colocando duas e estou achando insuficiente. A catedral foi inicialmente projetada para ser a maior do mundo cristão, mas foi superada neste aspecto pela forte concorrência. Entretanto, a beleza do estilo gótico-renascentista foi levado ao ápice nesta construção e tem contribuição de nomes de peso como Giorgio Vasari, Donatello e Giotto di Bondone. Sua área interna é capaz de acomodar até trinta mil pessoas. Trinta. Mil. Pessoas. 

Fachada da Catedral de Santa Maria del Fiore - Florença
Santa Maria del Fiore - fachada

 

Lembro do ar ter me faltado quando a encontrei. Primeiro que ela é um titã que flutua quase onipresente no horizonte da cidade de Florença. Eu a vi muito antes de sequer estar perto dela. Ainda precisei caminhar muitas quadras até finalmente chegar à sua praça. E foi uma surra de exuberância. A fachada é toda trabalhada em mármore branco de Carrara com detalhes belíssimos em verde esmeralda e vermelho. A cada movimento dos olhos, é possível encontrar algo que gera encantamento. Mas minha arritmia não havia terminado na entrada. Dentro da igreja, mais arte em profusão e o local mais valioso, mais impressionante e que merece um parágrafo só para si neste texto: O Domo de Brunelleschi.

 

Você caminha embaixo dele e ouve-o dizer: você é pequeno. Deus é grande. Uma cúpula de cem metros de altura, sem nenhuma coluna interna de sustentação. Milhões de tijolos que compõem a maior cúpula autoportante de alvenaria do mundo. No teto, um afresco de Vasari e Zuccari representando o juízo final. Me deu até vertigem. É difícil resolver se ela impressiona mais vista de fora ou por dentro. Não perdi a oportunidade de subir os 414 degraus do Campanário de Giotto e vislumbrar o Domo em sua integridade e também toda a paisagem da linda Florença. O Domo foi projetado por Filippo Brunelleschi, que conquistou esta honra ao vencer um concurso promovido pela administradora da empreitada na época. Gênio. Deixou para a posteridade a prova do seu talento.  

 

Meu souvenir é uma réplica minúscula da catedral. Bastante detalhada. Uma graça. Custou um euro. Irrisório, mas incalculável. Espero um dia visitar novamente a obra arquitetônica que é a minha maior paixão. Levarei um cilindro de oxigênio, para quando eu perder o fôlego ao ser lembrado da minha pequenez frente ao celestial. 

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Salvador - BA
Atualizado às 05h02
21°
Alguma nebulosidade Máxima: 30° - Mínima: 22°
21°

Sensação

14.3 km/h

Vento

83%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas