Maracangalha

INDEPENDÊNCIA DOS GADOS

Podem chamar o zelador e fechar o Brasil! Que p....... é essa? O Brasil realmente não é para amadores.

Maracangalha

MaracangalhaEscrita por Luiz Reis - Arquivista e produtor cultural. Retrata o cotidiano político social de forma bem humorada e lúdica

27/08/2021 19h58
Por: Redação
Fonte: Redação

O grito da independência? Isolado nos ataques ao STF (Supremo Tribunal Federal), Jair Bolsonaro radicaliza o discurso e inflama os atos de apoio ao governo marcados para o 7 de Setembro. Avisados do risco de infiltração de bolsonaristas nas Polícias Militares, governadores pedem trégua e querem encontrar o presidente para estancar a crise institucional. A apresentação por Bolsonaro do pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do STF, na última sexta-feira (20), elevou a tensão entre os Poderes. Também na última segunda (23), o presidente voltou à velha pauta do voto impresso. A defesa do instrumento é feita mesmo depois de a Câmara ter derrotado a proposta. O voto impresso é o tema que mais mobilizou recentemente a militância bolsonarista e serve de munição para falas golpistas do presidente. Em entrevista à Rádio Regional, de Eldorado (SP), Bolsonaro disse de novo que participará dos atos pró-governo em São Paulo e Brasília, que serão realizadas no Dia da Independência, e insistiu na suspeição do processo eleitoral.  Muuhhh. Gados, marchem! Rsrs.

O objetivo das manifestações de 7 de setembro não é manifestar apoio a Jair Bolsonaro. É para invadir o STF e o Congresso. 

Eu quero é novidade bb!

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), determinou o afastamento do chefe do Comando de Policiamento do Interior-7 da Polícia Militar de São Paulo, coronel Aleksander Lacerda. A decisão foi tomada após o Estadão revelar publicações do oficial em rede social com críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), insuflando a participação de “amigos” nas manifestações de 7 de Setembro, uma postura que tem se espalhado em ao menos seis Estados. Em suas postagens, o oficial afirma que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), é “covarde”, que Doria é uma “cepa indiana” e que o deputado Rodrigo Maia (RJ), recém-nomeado secretário de Projetos e Ações Estratégicas de São Paulo, é beneficiário de esquema “mafioso”. “No Estado de São Paulo nós não teremos manifestações de policiais militares na ativa de ordem política”, disse Doria. A decisão de Doria é

uma reação a algo que está longe de ser um caso isolado. Nas redes, proliferam as manifestações de policiais militares da ativa e da reserva, com chamamentos para que participem em massa da mobilização de 7 de Setembro. A convocação parte de policiais de patentes variadas, em diferentes Estados, conforme levantamento do Estadão. Na internet, a mobilização dos

oficiais e praças ainda é reforçada por deputados-PMs, que têm em integrantes das forças estaduais em suas bases de apoio. Há pessoal da ativa e da reserva incentivando manifestações em São Paulo, Rio, Santa Catarina, Espírito Santo, Ceará e Paraíba. 

Isso a globo não mostra rsrsrs.

As vésperas da sabatina que pode validar sua recondução ao cargo por mais dois anos, o procurador-geral da República, Augusto Aras, precisa lidar com a resistência declarada de colegas subprocuradores. Na última terça-feira (23), cinco membros do Conselho Superior do Ministério Público Federal, órgão comandado pelo próprio Aras, acionaram o Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir que um pedido de investigação contra ele seja analisado pelo colegiado. O pedido tem origem em uma representação enviada ao Conselho Superior do MPF por um grupo de subprocuradores aposentados que atribuíram a Aras o crime de prevaricação (quando um servidor público não toma determinada ação que lhe compete em benefício de terceiros) para favorecer o presidente Jair Bolsonaro. Os conselheiros alegam que a cúpula da PGR ‘interceptou’ um despacho do subprocurador José Bonifácio de Andrada, vice-presidente do colegiado, que determinou a livre distribuição da

representação, e ‘desviou’ o processo para o gabinete do próprio Aras. Na sequência, o caso foi encaminhado pelo procurador-geral da República para o vice-procurador Humberto Jacques de Medeiros, que atua diretamente com ele, no que os conselheiros chamaram de uma ‘ação ágil, celeremente coordenada e bem orquestrada’. 

Podem chamar o zelador e fechar o Brasil! Que p....... é essa? O Brasil realmente não é para amadores.

Lula, “O Brasil não merecia alguém tão ignorante, tão incivilizado. O Brasil não merecia alguém que não é capaz de fazer um discurso de três minutos porque não tem argumento, e por isso ele é obrigado a fazer fake news e contar seis mentiras por dia”. Vish, o pau esta quebrando.

Mesmo após o disco de parcerias de Sérgio Reis ter sido cancelado, Zezé Di Camargo usou as redes sociais para manifestar apoio ao veterano e se oferecer para participar do álbum. Ao total, seis músicos desistiram de participar do trabalho após Reis convocar um ato antidemocrático para o feriado da independência e ameaçar o Superior Tribunal Federal (STF). Entre eles, Zé Ramalho, Maria Rita, Guilherme Arantes, Guarabyra e Anastácia. 

Hum... nesse caroço de angu rsrs.

Menos de cinco meses após criar um perfil no OnlyFans, Renata Frisson, a Mulher Melão, revelou que ficou milionária com o que arrecadou na plataforma. Olha, eu não gosto muito de falar de valores, eu tenho um pouco de medo, mas posso te garantir uma coisa: eu já tô milionária graças ao OnlyFans, disse em entrevista ao programa Holofote da Rádio FM O Dia.

Também quero hahaha fazer meus vídeos e fotos, já rsrs.

 

É, meu povo, o bicho está pegando, fiquem bem, até semana que vem. Bjs do gordo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Salvador - BA
Atualizado às 05h23
20°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 22°
20°

Sensação

4 km/h

Vento

88%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas