Segunda, 06 de Dezembro de 2021
29°

Nuvens esparsas

Salvador - BA

Colunas Tempestade de Ideias

Dois tomates e duas cebolas

Explicar o talento é desnecessário. Apenas saboreie

11/11/2021 às 19h11
Por: Juliano Levi Fonte: Juliano Leví
Compartilhe:
Marília Mendonça - Instragam da artista/reprodução
Marília Mendonça - Instragam da artista/reprodução

Eu não sou muito fã de sertanejo. Gosto do CD “Borboletas” de Victor e Léo, de 2008. De lá pra cá não posso dizer que eu tenha sido conquistado por nenhum álbum ou artista mais marcante. Mas sei reconhecer talento e qualidade quando vejo. E isto existe no cenário atual do sertanejo brasileiro. E, dentre as estrelas brilhantes desta constelação, o nome que ostentou o maior fulgor foi o de Marília Mendonça. Sua partida é uma perda irreparável. Uma mulher de talento tão possante que foi capaz de romper barreiras e criar novos padrões artísticos. 

 

E talento é algo inexplicável. Existe para ser aclamado. 

 

E o dom de criar coisas maravilhosas se apresenta das mais diversas formas. Minha Mãe Ray (ela exige que eu escreva com Y mesmo) é minha madrinha e mãe de criação. Um poço infindável de amor materno. Ela detém habilidades culinárias extremamente raras. A sensibilidade que Deus lhe deu, permite que ela pratique cozinha de altíssima qualidade com ingredientes muito comuns. Há alguns dias ela esteve aqui em casa e, como quase sempre, reclamou que eu não estava me alimentando direito. “Se eu não cozinhar para você, você não come bem!” assim ela apregoa. Pois bem, na ocasião em questão eu não tinha feito compras e haviam poucos ingredientes em casa. Coisa de dois tomates, duas cebolas e umas sobras congeladas. Eis que, minutos depois, ela surge da cozinha com uma omelete de camarão, macarrão ao alho e óleo e uma salada com molho de mostarda e mel. Foi inacreditável. Meu pai diz que “Mãe Ray faz comida digna de reis e imperadores”. Não tenho nada a acrescentar a esta afirmação. 

 

Marília Mendonça é uma dessas pessoas que a divina providência tocou com talento. Capaz de proporcionar verdadeiros banquetes musicais com sentimentos que existem na geladeira emocional de qualquer pessoa. É a genialidade de criar a partir de ingredientes simples. Os amores e as decepções que ela cantava eram possíveis de serem encontrados em qualquer esquina desse nosso Brasil. 26 anos. Ninguém treina para se tornar compositor. Ninguém treina para ser poeta. Esse dom inexplicável e irresistível serviu para que ela se consolidasse como presença feminina num mercado que carecia dessas referências. E ela não só conquistou seu lugar como oportunizou que outras seguissem a sua trilha. Uma artista grandiosa, vanguardista, profundamente carismática. 

 

O talento não existe para ser explicado. Existe para ser aclamado, saboreado em todas as suas dimensões e manifestações. Dê dois tomates e duas cebolas à Mãe Ray e ela lhe fará revirar os olhos com um prato saboroso. Quem já provou, sabe. Com tomates e cebolas sentimentais, Marília fez um país inteiro se emocionar. Sempre me renderei àquelas que carregam o dom de criar maravilhas a partir do ordinário.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Tempestade de Ideias - Juliano Levi
Tempestade de Ideias - Juliano Levi
Sobre Professor Juliano Levi aborda de tudo em textos semanais, leves e criativos.
Salvador - BA Atualizado às 08h35 - Fonte: ClimaTempo
29°
Nuvens esparsas

Mín. 24° Máx. 30°

Ter 31°C 23°C
Qua 32°C 23°C
Qui 32°C 24°C
Sex 32°C 22°C
Sáb 33°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias