Terça, 24 de Maio de 2022
23°

Chuva fraca

Salvador - BA

Colunas Tempestade de Ideias

Sonhos em tijolos de barro

A arquitetura transformadora de Diébédo Francis Kéré.

17/03/2022 às 18h33
Por: Juliano Levi Fonte: Juliano Leví
Compartilhe:
Escola Primária de Gando. Foto: Erik-Jan Owerkerk
Escola Primária de Gando. Foto: Erik-Jan Owerkerk

De acordo com o Relatório do Desenvolvimento Humano - 2020 da ONU, Burkina Faso é um dos sete países com os piores IDH do mundo. Além de extremamente pobre e desigual, a nação ainda sofre com uma guerra civil que se arrasta desde 2015. Contra todas as probabilidades, é de lá que vem o vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura 2022, Diébédo Francis Kéré.  A premiação é considerada o Nobel desta categoria e, pela primeira vez na história, laureou um homem negro. 

 

Conhecendo a história do arquiteto burquino, você irá considerar que ele deveria até ter vencido antes. 

 

Francis Kéré nasceu numa vila chamada Gando, numa área rural de Burkina Faso. Aos sete anos teve de deixar sua família para estudar numa cidade próxima, porque seus pais desejavam muito que ele fosse alfabetizado. Os índices de analfabetismo no país beiram os inacreditáveis 80%. Ele frequentou uma escola construída de forma inadequada, com péssima estrutura, compartilhando espaço com dezenas de crianças em temperaturas que chegavam aos 45 Cº.  Terminando os estudos, conseguiu uma bolsa de estudos que o levou à Alemanha e lhe possibilitou ingressar no curso de Arquitetura da Universidade Técnica de Berlim. No seu segundo ano de curso, decidiu utilizar seu aprendizado para contribuir com sua comunidade de origem. Criou uma fundação e angariou fundos para a construção de uma escola em sua vila natal. Foi o passo inicial para uma trajetória inspiradora em nível internacional. 

 

Observe a imagem da Escola Primária de Gando, construída em 2001. Possivelmente, seu primeiro olhar europeizado vai sentir a estranheza da construção em tijolos de barro e sem nenhuma pintura. Mas há, ali, uma verdadeira aula de Arquitetura. Em primeiro lugar, Francis Kéré sabia que precisaria utilizar os materiais disponíveis na localidade, por isso a escolha do barro, em lugar do concreto, mais caro e inviável num local sem acesso à energia elétrica. A disposição das janelas tem o objetivo de aproveitar o máximo da luz natural possível e facilitar a ventilação. O grande telhado de metal (zinco) é a sacada de mestre: protege das fortes chuvas e mantém as temperaturas agradáveis nas salas ao longo de todo o dia. Um ambiente de aprendizagem salubre, belo e completamente alinhado com as características históricas do local. Os próprios moradores da vila de Gando foram a mão de obra da construção e o conhecimento técnico ficou de legado para eles, que vão replicando a experiência e alcançando uma alternativa de geração de renda. 

 

A escola foi a primeira das grandes iniciativas de Diébédo Francis Kéré. Ele também projetou o Centro de Cultura do Parque Nacional do Mali, a Vila de Professores de Léo - Burkina Faso e tantos outros edifícios maravilhosos em tijolos de barro. São construções que juntam o tradicional e o moderno com uma harmonia impecável. A cor singular do barro traz uma sensação de acolhimento e simplicidade, mas os traços ousados do arquiteto transmitem uma mensagem forte: nós podemos construir o belo com aquilo que temos, sem perder a funcionalidade. 

Benga Riverside Scholl Francis Kéré
Interior de sala da Escola Benga Riverside - Foto: Francis Kéré

 

Você pode conferir os trabalhos premiados de Diébédo Francis Kéré pelo Pritzker clicando AQUI. Pode também buscá-lo nas redes sociais. Você irá notar o quanto esta carreira é inspiradora. Beleza, funcionalidade e um profundo respeito à cultura local. O trabalho deste burquino de 56 anos traduz a verdadeira natureza da Arquitetura como linguagem artística.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Tempestade de Ideias - Juliano Levi
Tempestade de Ideias - Juliano Levi
Sobre Historiador, Jornalista e professor das redes pública municipal e estadual de ensino. Especialista em História da Arte e Gestão Escolar. Tem estudos na área de Educação Patrimonial e presta consultoria de projetos para a FENASDETRAN.
Salvador - BA Atualizado às 02h34 - Fonte: ClimaTempo
23°
Chuva fraca

Mín. 23° Máx. 30°

Qua 29°C 24°C
Qui 28°C 24°C
Sex 29°C 23°C
Sáb 27°C 23°C
Dom 28°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias